segunda-feira, 31 de maio de 2010

Uma lagrima a distancia








Uma lágrima a distância, seca pelo vento.
O que eu quero é entender o porquê,
Essa sensação de despedida,
Esse sentimento de perda,Como conter essa Dor
Dor que não passa
Marca na alma

Dor na consciência
Ou no coração

Só a lua que ainda teimosa permanecer
Iluminando  meu rosto, com  uma lágrima que desce   secada pelo vento.
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento,
Já não se encantarão mais os meus olhos nos teus olhos,
Fui tua, foste meu. O que mais? Juntos fizemos
uma curva na rota por onde o amor passou.
Difícil não entender e tentar explicar...
Difícil é perder e não poder chorar...
Difícil é saber e não querer acreditar...

domingo, 30 de maio de 2010

NEM COMEÇOU !! PELO JEITO JÀ ACABOU !!!!



Pedaços de água no olhar...
De sonhos desfeitos em nada
Cabelos em desalinho
Onde brilham em torvelinho,
Pérolas de pranto ao luar....

Olhos tristes de quem sofreu
Na vida, tormentos mil
Silêncios a quem doeu,
Um amor que já morreu,
Ainda por começar...

Embalada nos braços fortes
De uma recordação,
Vai tropeçando em pedaços
Vazios de um coração...

Sonha, menina triste,
Limpa as lágrimas, sorri
Também eu vivi morrendo

sexta-feira, 28 de maio de 2010

VC!!!


Para voce com todo meu carinho !!



Olhando no Espelho



Olho-me no espelho
e minuciosamente,
procuro entender
minha maturidade.
É notório que percebo
facilmente os sinais,
físicos de minha declinação.
Vou além do reflexo
de minha imagem,
mergulho fundo na alma,
nos sentimentos,
em minhas emoções.
Percebo que minha
visão realista,
supera minhas fantasias.
Sinto-me imune
as grandes frustrações,
analiso os questionamentos
com mais determinação.
Vejo no espelho a minha
melhor capacidade
de entender
minhas perdas, meus medos,
minhas lamentações
físicas e emocionais.
Vejo certa luz no espelho,
fazendo brilhar
minha maturidade refletida.
Um certo brilho de autonomia,
minha maior liberdade de escolha,
minha experiência, minha serenidade,
minha sabedoria em valorizar
as fases de minha vida.
Em saber tirar dela o que ela
tem de melhor a me oferecer.
Enxergo ainda patente
em minha consciência,
sensualidade, erotização.
Ainda mais profundamente,
vejo uma reconhecedora
de perdas e ganhos,
quando tento balancear
Os custos, benefícios
de minha jornada.
Fecho os olhos e convicta,
imagino em minhas mãos
o leme em que posso direcionar
o rumo de minha existência
com plenitude e libertação.
Que gire a roda do tempo!
Lufague
ღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღღ 


AMOR BONITO EXISTE?






Talvez seja tão simples, tolo e natural que você nunca tenha parado para pensar: 
aprenda a fazer bonito o seu amor.
Ou fazer seu amor ser ou ficar bonito.
Aprenda, apenas, a tão difícil arte de amar bonito. 
Gostar é tão fácil que ninguém aceita aprender. 
Tenho visto muito amor por aí. 
Amores mesmo, bravios, gigantescos, descomunais, profundos, sinceros, cheios de entrega, doação e dádiva.
Mas esbarram na dificuldade de se tornar bonitos.
Apenas isso: bonitos, belos ou embelezados, tratados com carinho, cuidado e atenção.
Amores levados com arte e ternura de mãos jardineiras. 

Aí esses amores que são verdadeiros, eternos e descomunais de repente se percebem ameaçados apenas e 
tão somente porque não sabem ser bonitos: cobram; exigem; rotinizam; descuidam; reclamam; 
deixam de compreender; necessitam mais do que oferecem; precisam mais do que atendem; enchem-se de razões.
Sim, de razões. Ter razão é o maior perigo no amor. 

Quem tem razão sempre se sente no direito  e o dever de reivindicar, de exigir justiça, 
equidade, equiparação, sem atinar que o que está sem razão talvez passe por um momento 
de sua vida no qual não possa ter razão. Nem queira. Ter razão é um perigo; em geral 
enfeia um amor, pois é invocado com justiça, mas na hora errada. Amar bonito é saber a hora de ter razão.
Ponha a mão na consciência. Você tem certeza de que está fazendo o seu amor bonito?

De que está tirando do gesta, da ação, da reação,do olhar, da saudade, da alegria do encontro, 
da dor do desencontro a maior beleza possível? Talvez não. Cheio ou cheia de razões, você espera 
do amor apenas aquilo que é exigido por suas partes necessitadas, quando talvez dele devesse
pouco esperar, para valorizar melhor tudo de bom que de vez em quando ele pode trazer. 

Quem espera mais do isso sofre, e sofrendo deixa de amar bonito.
Sofrendo, deixa de ser alegre, igual, irmão, criança. E sem soltar a criança, nenhum amor é bonito. 
Não tema o romantismo. Derrube as cercas da opinião alheia. Faça coroas de margaridas e enfeite a cabeça de quem você ama. 
Saia cantando e olhe alegre. Recomendam-se: encabulamentos; ser pego em flagrante gostando;
não se cansar de olhar; não atrapalhar a convivência com teorizações; 
adiar sempre, se possível com beijos,“aquela conversa importante que precisamos ter”; arquivar, se possível, as reclamações pela pouca atenção recebida.
Para quem ama, toda atenção é sempre pouca. Quem ama feio não sabe que pouca atenção pode ser toda atenção possível. 
Quem ama bonito, não gasta o tempo dessa atenção cobrando a que deixou de ter. 

Não teorize sobre o amor   ame. 
Siga o destino dos sentimentos aqui e agora. Não tenha medo exatamente de tudo o que você teme.
Como: a sinceridade; não dar certo; depois vir a sofrer ; abrar o coração; 
contar a verdade d o tamanho do amor que sente. Jogue pro alto todas as jogadas, estratagemas, golpes, 
espertezas, atitudes sabidamente eficazes não é sábio ser sabido: seja apenas você no auge da sua emoção
e carência, exatamente aquele você que a vida impede de ser. Seja você cantando desafinado, mas todas as manhãs. 

Falando besteira, mas criando sempre. Gaguejando flores. Sentindo o coração bater como no tempo do natal infantil.
Revivendo os carinhos que intui em criança. Sem medo de dizer eu quero, eu gosto, eu estou com vontade. 
Talvez aí você consiga fazer o seu amor bonito, ou fazer bonito o seu amor, ou bonitar fazendo o seu amor, 
ou amar fazendo o seu amor bonito , sempre que ele seja a mais verdadeira expressão de tudo o que você é, e nunca: deixaram, conseguiu, soube, pôde, foi possível, ser. 
Se o amor existe, seu conteúdo já é manifesto. Não se preocupe mais com ele e suas definições. 
Cuide agora da forma. Cuide da voz. Cuide da fala. Cuide do cuidado. Cuide do carinho. 
Cuide de você. Ame-se o suficiente para ser capaz de gostar 
do amor e só assim poder começar a tentar fazer o outro feliz. 

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Um Sonho !




Existe um sonho
Que devemos sonhar
Tentar realizar
Ele pode, ao seu lado, agora estar
E você nem notar
Pensando ter sido
Só um sonho
Existe um Sonho
Sonhamos 
Mal lembramos dele
Ao acordar
Não damos chance 
Apagamos da mente 
Assim que acordamos
Nenhuma chance damos
Para que deixe de ser 
Apenas um sonho
Existe um sonho
Logo alí
A sua espera
Não tão distante
Basta um simples passo
E você chega lá
Existe um sonho
Dê essa chance
Crie asas
Sonhe
Construa
Tente
em frente
Realize

Existe
um sonho

Você é que não quer 
Por ele lutar
Ele não passará de um sonho
Se você assim o deixar
E seu sonho jamais
Irá se realizar

MUITO LINDA ESSA MUSICA !!!

HUMMMMMMMMMMMMMMM!!!!!!!


Eu passaria noites e dias

escrevendo...só pra você,

pra mantê-lo mais perto

...é um meio incerto...

mas é o que tenho.

               

E por isso venho...

Estou aqui.

Procuro palavras,

coisas e fatos,

que nos meus relatos

to façam sonhar.

           

Que não o deixem

esquecer a doce magia

que nasceu um dia,

 num simples teclar.

   

Se você soubesse ler

o que tento dizer,

viria sem medo,

em passos espertos,

pra estes braços abertos

que tanto desejam você.

           

Amo essa musica




 permitir...

Na paixão, no amor...

Querendo-nos, sempre mais.

Em nossas fantasias se faz
Ordens minhas, em obediência as tuas.
No bailar dos desejos lascivos.
Nossos corpos entrelaçados
Sussurros gemidos bocas famintas Beijos e gostos....
Mãos fortes, suaves caricias.
Na nuance da nossa pele suada 
cheiro

Do prazer ainda contido
Eloqüentes excitados entregamos-nos
Em sublimado deleite.
Desvendamos nossos segredos.
Conscientes nos refazemos
Para nossa realidade.
Livres pitamos com as cores do
Arco-íris nosso destino incerto.
Há!...É deslumbrante o sentir simultâneo
Dos nossos sentidos.
Eu senhora e escrava de teus encantos
Tu escravos e senhor dos encantos meus.
Tantos quantos ,e todos nossos.
Assim nos tornamos “Apenas Um”
Na essência do mesclar das nossas almas.

SER BEIJADA !




Quero ser beijada e

beijada por você,

E em teu beijo me envolver.

No calor da  tua  boca 

Sentir toda emoção.
É no beijo que sentimos
o calor de uma paixão.
sentir a saliva doce


Quando se estar com tesão,
e no vai e vem dos labios,
e no tocar  da sua lingua ,
se enroscando com a minha
 em uma brincadeira sadia



É o beijo que aquece

Os desejos mais secretos

E nos proporciona prazer

Me deixa em teu braços adormecer.

Estou pronta pra você,
E ardente nos entregamos
Para o total prazer.
ALMA DE MENINA

terça-feira, 25 de maio de 2010

MULHER

  
Mulher perfeita ...

Não esqueço seu beijo
Seus lábios aos meus
Que me levaram ao paraíso
Com suas carícias e carinhos

Sua boca, não esqueço
Entre mil
Seu gosto, reconheço
Não esqueço aquele som

O vento batendo a janela
Brisa tão suave
À noite a nossa espera
Queria teu corpo nu
Por dentro o calor
Nossos corpos juntos
Unidos em um amor

Encanta-me sua beleza
Sua simpatia
Invade-me a alma, contagia

Seu perfume
Tu és uma Rosa bela
Que cisma cheiro de amor

Seja de noite ou de dia
Entre a roseira
A que mais exala alegria
“Rosa púrpura,
Que despontou entre o verdor”
Qual será seu segredo?
Porque sinto tanto amor?
Entre a roseira
Você é a que mais tem cor

Rosa vermelha
Tua alma espelha
O amor mais lindo da terra
Que eu dei a ti
Que só a ti venera

Não penso em outra coisa
Se não a ti amar
Trazer-lhe a felicidade
Mas temo
De me perder em seu perfume.
É nunca mais me encontrar

Seu corpo sob a luz da lua
Desperta o olhar
De quem vaga a rua

Farei de tudo para lhe ver sorrir
Arriscarei minha vida para tela comigo
Será que há no mundo
Amor mais intenso
Do que o que estou sentindo?

Peço-te a união
A união de um sentimento
Que o branco lhe caia bem
Felicidade a todo o momento

Na tradição de nossos avós
Espero-te
No altar de meus sonhos

E ao chegar em passo lento
Com sua beleza eu me contento
E que selado nosso amor
Terei-te,,

Pois nem a morte nos separa
Para sempre, amor eterno,
Eternamente

segunda-feira, 24 de maio de 2010

O FUTURO!
























Se pudesse prever o futuro,
nao o faria novamente
Amor igual ao seu nao há e nem quero experimentar
Outra boca que nao seja a sua, outro corpo junto ao meu
que nao seja o seu, um amor igual ao seu jamais existirá

Se chamares por mim, etarei aqui em todos os momentos
Porque somos corpo e alma e nada nos pode separar
Além de nos mesmos e de nossos coraçoes
Mais se há amor nao há fim

Te amo, a cada instante, cada respiraçao, cada som
Cada noite recria o extremo, cada estrela nossas vidas
A trilhar a cada instante

Para voce entrego a minha vida, meu viver
Minha dor e a mais ampla beleza do mundo
A minha alma.