terça-feira, 25 de maio de 2010

MULHER

  
Mulher perfeita ...

Não esqueço seu beijo
Seus lábios aos meus
Que me levaram ao paraíso
Com suas carícias e carinhos

Sua boca, não esqueço
Entre mil
Seu gosto, reconheço
Não esqueço aquele som

O vento batendo a janela
Brisa tão suave
À noite a nossa espera
Queria teu corpo nu
Por dentro o calor
Nossos corpos juntos
Unidos em um amor

Encanta-me sua beleza
Sua simpatia
Invade-me a alma, contagia

Seu perfume
Tu és uma Rosa bela
Que cisma cheiro de amor

Seja de noite ou de dia
Entre a roseira
A que mais exala alegria
“Rosa púrpura,
Que despontou entre o verdor”
Qual será seu segredo?
Porque sinto tanto amor?
Entre a roseira
Você é a que mais tem cor

Rosa vermelha
Tua alma espelha
O amor mais lindo da terra
Que eu dei a ti
Que só a ti venera

Não penso em outra coisa
Se não a ti amar
Trazer-lhe a felicidade
Mas temo
De me perder em seu perfume.
É nunca mais me encontrar

Seu corpo sob a luz da lua
Desperta o olhar
De quem vaga a rua

Farei de tudo para lhe ver sorrir
Arriscarei minha vida para tela comigo
Será que há no mundo
Amor mais intenso
Do que o que estou sentindo?

Peço-te a união
A união de um sentimento
Que o branco lhe caia bem
Felicidade a todo o momento

Na tradição de nossos avós
Espero-te
No altar de meus sonhos

E ao chegar em passo lento
Com sua beleza eu me contento
E que selado nosso amor
Terei-te,,

Pois nem a morte nos separa
Para sempre, amor eterno,
Eternamente

Nenhum comentário:

Postar um comentário