segunda-feira, 24 de maio de 2010

MULHER DE FIBRA














Mulher de fibra, valente,
que nunca fugiu da luta,
hoje venho contente,
elogiar sua conduta.

Em tempos de ditadura,
na defesa dos desvalidos,
desafiou a tortura,
enfrentando aqueles bandidos.

Jeanete, bela guerreira,
de força interna sagrada,
legítima brasileira,
uma bem aventurada.

Mulher de brilho raro,
orgulho de seus irmãos,
o seu amor, bem tão caro,
é um exemplo aos cidadãos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário