quarta-feira, 7 de julho de 2010

Tudo tem um porque?





Estou presa às raízes,

às convenções, às situações...

Presa ao fato consumado,

ao lado a lado do dia-a-dia. 

Presa a um passado, por egoísmo;

é conveniente...o comodismo.

Presa aos ditames da sociedade,

que nada têm com a realidade.

Presa ao medo do certo e incerto, à certeza e a  dúvida;

acostumada ao que está mais perto.

Presa, com receio do novo...

Com medo...de você! 

Que fascina, que ensina...

que me seduz!

Sinto-me livre, feliz,

se entregue a essa sedução.

Minha alma sorri, sonhos borbulham...

Renascem as fantasias. 

Você liberta meu coração,

revira minhas entranhas,

faz coisas estranhas

e me deixa louca de paixão. 

Sim, é você que me faz feliz

como um passarinho, voando do ninho,

dominado em pura emoção.

Depois que você chegou

toda minha vida se modificou,

é inútil tentar esconder.

Tenho convivido estranhamente

com esse dueto,

misto de prisão e liberdade,

que me tira da realidade. 

Mas, tudo isso tem seu porque.

Uma parte de mim...ama você!

 e a  outra parte não sabe porque !


Nenhum comentário:

Postar um comentário