sábado, 30 de outubro de 2010

PRAZER !






Sua voz surge entre suspiros ofegantes
E instantes se intensificam cada vez mais
E a paz é sentida entre gemidos de prazer
E eu devoro você com um olhar voraz

O meu toque desenha o contorno do seu corpo
O é pouco cada segundo que passa lentamente
É inconsciente o que acontece ao nosso redor
E o melhor é o seu corpo arrepiado totalmente

Cada palavra nos leva a um êxtase extremo
E temo que cada momento se vá derrepente
Impaciente trago você para mais perto de mim
Para assim promovermos esse amor comovente

Sua pele ardente cada vez mais me estremece
E me aquece de uma maneira me levando a loucura
É uma tortura pensar em você distante
Desse constante e intenso momento de ternura

Os meus beijos saboreiam toda sua delicia
E cada caricia nos arrebata a um total delírio
Aspiro seu aroma e perco a sanidade
Me invade seu perfume e então me inspiro

Cada detalhe se eternizará em nossa lembrança
E na esperança pela próxima oportunidade
A saudade já tortura todo o meu desejo
E num beijo selamos essa intimidade





quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Um Quarto !




Um quarto, uma cama num canto
Sobre lençóis em desalinho me
Aninho em teus afagos.

A noite tange à tarde que vai embora
Na parede uma janela, debruçada sobre 
Ela uma vizinha voyeur nos observa.

Uma voz em teu olhar me diz te amo
Corro minhas mãos por tuas curvas
Meus olhos vão seguindo incendiados

Mergulho faminto em teus lábios úmidos 
Calando-te os sussurros roucos de amar
Cativo dessa loucura deliro palavras soltas

Os sons de tua pele fluem por entre pelos
Tesos em musical arrepio de desejo.
Flutuo em teus cheiros, arrítmico respirar.

Minha língua colibri penetra tua flor 
Busco o néctar alimento de minha libido.
Faminto abocanho tua carne morna e te sugo

Mamilos túrgidos imploram por mãos
Ávidas a envolver-los de carinhos 
Abandono-me ao êxtase de tua cavalgada

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Você me fez sonhar





Você me fez sonhar 


Busco na luz da lua,compreender a ânsia de tanto desejo.
Que invadi o peito nas noites de solidão.
É um vazio que toma conta da alma, que aos poucos vai matando a esperança que me resta.
Me vejo entre o céu e o inferno!!!
Nada mais faz sentido no meu mundo longe do seu sorriso.
Agora tenho que buscar um caminho a seguir. 
Tentando saber quem vai me curar da dor e descobrir realmente quem eu sou e libertando o meu interior.
Sei que não há engano, estou apenas tentando apagar do coração e da mente o que um dia sonhei viver ao seu lado.
Da minha boca sai palavras vazia pra me convencer de que já não me importa mais, mais ainda continuo presa a esse sentimento e mesmo nas decepções não consigo te esquecer. 
Tudo isso faz doer profundamente a minha alma.
Porque sei que você ainda é o único a quem eu ainda corro, sinto me como se ainda me pertencesse , você ainda é quem faz parte dos meus sonhos de toda noite. 
Porque é você que vou amar por toda vida!!!

Significado Amor..


Como podemos explicar o significado amor..
Será só estar ao lado daquela pessoa querida.
Será que é quando o coração bate tão forte,
quando nossa mão começa a suar.
Sera que Há uma forma de controlar o amor?
Não por que no coração a gente não manda.
Nós não escolhemos quem nós vamos amar..
Não ecolhemos o dia nem a hora ele simplesmente vem.
E toma conta do nosso coração.
Nós ja não mandamos em nada.
Por que esse amor invadiu meu coração?
Eu preciso de você.
Toda a solidão e dores que sinto irei esquecer.
Você é tudo para mim.
Você é o meu ar..
Meu chão.
E nunhum obstaculo é maior do amor que sinto por você.
Um amor impossivel de explicar.
Você invadiu meu coração
E eu preciso de você e do seu amor.
Por que nada importa sem você.
Sabe por que?
Porque eu te amo muito.
E é impossível te esquecer. 

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Sua Caça!!




Ando  com meus pensamentos em sonhos e vontade insaciáveis , alucinada de desejos ,latentes e o latejar do seu corpo. da sua pele, dos seus beijos,suas carícias , seu cheiro,suor   a escorregar  no seu corpo, com o odor de macho caçador, com  a presa  mas  unhas, esse  desejo , queimar minhas entranhas, transborda e transpira em mim , essa  pura vontade de mostra minha carne fresca ,minhas carícias, meus beijos, pensamentos malvados, são  desejos reais da caça querendo ser caçada todos os meus movimentos ,chamam  por ti !
Chamo com a voz trêmula gemendo de tesão. Vem caçador  sua caça  espera!

mulher...a menina



Gosto do jeito do seu corpo
sentir-te junto ao meu
Tocando-me
apalpar-te inteira
gosto de te observar
ver-te tirando a roupa
passando creme hidratante
teu perfume percorre o quarto
me deixando mais louco
cheio de vontade
quero fazer amor com você
Gosto das coisas tuas
daquele cheiro gostoso
Gosto dos teus olhos
que me olham manhosa
querendo algo mais
me implorando um beijo
sabor dum desejo latente
Gosto de tantas coisas
sonho em me perder
Gosto de brincar também
daqueles jogos
que apenas nós conhecemos
muitas delas inventamos para nós
Ainda sonho...
pois não encontrei a pessoa certa
a mulher...a menina...Publicar postagemque fará meu coração disparar
espero que o teu dispare...

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O TEMPO !



" Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz
com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar,
não precisar dela.
Percebe também que aquela pessoa que você ama(ou acha
que ama) e que não quer nada com você, definitivamente,
não é o homem ou a mulher da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você,
e principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atras das borboletas...
É cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar não quem você estava
procurando, mas quem estava procurando por você!" 

Andar ao seu lado,
como o pé esquerdo acompanha o direito,
um de cada vez, independentes,
cientes do próprio destino.
Sabendo parar a espera do outro,
seguindo a frente quando a estrada assim pedir,
mas caminhando ambos, o mesmo caminho,
a mesma jornada...
...uma só direção.
Ao teu lado sempre !!!

"Sou uma espécie de pássaro encantado que não aceita gaiolas nem qualquer tipo de prisão. Minha mágica está justamente no bater de asas, que se douram pertinho do sol e o meu maior prazer é ir e vir quando o coração -- minha única bússola -- pede."
"O amor é a vida acontecendo no momento: sem passado, sem futuro, presente puro, eternidade numa bolha de sabão."
Não sei por onde começar, nem tampouco o motivo pelo qual comecei...
Mas já que comecei...
Precisava começar...
Não sei exatamente o que pensas e nem porque pensas
Não sei exatamente o que sentes e nem o porque
Sinto que és uma pérola mas não sinto minha
E percebo que não é de hoje, mas sim de nunca... ou de sempre
És alheio, como tudo é alheio
Não entendo o que me ocorre a cada manhã...
Não entendo o que fui, o que sou e menos ainda o que serei
Tamanho aperto claustrofóbico espiritual que me assombra
Como posso saber se o que faço é certo, se nem sei se certa sou?
Instintos... Os tenho em abundância e é quase inútil cada tentativa sangrenta de enjaulá-los
Minhas grades são muito frágeis e a distância entre cada uma muito vasta
Que me perco em um mundo onde tudo é tão brutal
Não posso negar que sinto falta dos primeiros olhares
De amor e de receio
De admiração e uma leve vergonha
De não saberes quem sou 


domingo, 3 de outubro de 2010

Eu Você nos




Me perdi no teu corpo
Me tranquei em teu peito
Me entreguei por inteiro
Às delícias deste amor
Que me une
Que me aproxima
Mergulhei em teu suor
Saboreei o que há de melhor
Em tuas curvas perfeitas
Em teus pelos mais íntimos
E me achei
Te perdendo em meu corpo
Te trancando em meu peito
Te entregando por inteira
Às delícias deste amor
Que te une
Que te aproxima
Mergulhando em meu suor
Saboreando o que há de melhor
Em minha pele mais áspera
Em meus pelos mais íntimos
E te achei
Então
Nos perdemos em nossos corpos
Nos trancamos em nossos peitos
Nos entregamos por inteiro
Às delícias deste amor
Que nos une
Que nos aproxima
Mergulhamos em nossos suores
Saboreando o que há de melhor
Em tuas curva perfeitas
Em minha pele mais áspera
Em nossos pelos mais íntimos
E nos achamos.

sábado, 2 de outubro de 2010

VC!!!




Um quarto, uma cama num canto
Sobre lençóis em desalinho me
Aninho em teus afagos.

A noite tange à tarde que vai embora
Na parede uma janela, debruçada sobre 
Ela uma vizinha voyeur nos observa.

Uma voz em teu olhar me diz te amo
Corro minhas mãos por tuas curvas
Meus olhos vão seguindo incendiados

Mergulho faminto em teus lábios úmidos 
Calando-te os sussurros roucos de amar
Cativo dessa loucura deliro palavras soltas

Os sons de tua pele fluem por entre pelos
Tesos em musical arrepio de desejo.
Flutuo em teus cheiros, rítmico respirar.

Minha língua colibri penetra tua flor 
Busco o néctar alimento de minha libido.
Faminto abocanho tua carne morna e te sugo

Mamilos túrgidos imploram por mãos
Ávidas a envolver-los de carinhos 
Abandono-me ao êxtase de tua cavalgada