quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Não tera hoje fuga !







Hoje não terás fuga,
Por minha extase,
Sem  qualquer piedade,
Buscarei teu corpo.

Com a segurança  de minhas forças,
Enroscarei meus braços em ti,
E num   abraço apertado por  trás,
Trarei-te  de  encontro ao meu corpo.

Meus beijos percorrerão sua nuca,
Minhas  mãos buscarão teus mamilos,
Pernas, até pousar em sua vulva.
E no meu encantamento te farei minha.

Irei de encontro ao teu ápice,
E quando curvar-se  em busca do meu beijo,
Penetrarei-a,  até sentir  suas nádegas em meu colo.
E assim abraçados, terei o meu extase.


Nenhum comentário:

Postar um comentário