sábado, 30 de outubro de 2010

PRAZER !






Sua voz surge entre suspiros ofegantes
E instantes se intensificam cada vez mais
E a paz é sentida entre gemidos de prazer
E eu devoro você com um olhar voraz

O meu toque desenha o contorno do seu corpo
O é pouco cada segundo que passa lentamente
É inconsciente o que acontece ao nosso redor
E o melhor é o seu corpo arrepiado totalmente

Cada palavra nos leva a um êxtase extremo
E temo que cada momento se vá derrepente
Impaciente trago você para mais perto de mim
Para assim promovermos esse amor comovente

Sua pele ardente cada vez mais me estremece
E me aquece de uma maneira me levando a loucura
É uma tortura pensar em você distante
Desse constante e intenso momento de ternura

Os meus beijos saboreiam toda sua delicia
E cada caricia nos arrebata a um total delírio
Aspiro seu aroma e perco a sanidade
Me invade seu perfume e então me inspiro

Cada detalhe se eternizará em nossa lembrança
E na esperança pela próxima oportunidade
A saudade já tortura todo o meu desejo
E num beijo selamos essa intimidade