segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Cama Vazia !


De noite e de dia
Cama vazia
Sem a tua companhia
Não sei se por ironia
Gerando agonia
Me refaço na poesia.
O verão chegou
Mas não me aquece
Aqui estou
Na madrugada
Rolando na cama
Impaciente
Com saudade de você.
Estou arrebatada
A noites não planejadas
Porém, conquistadas
Sentindo saudade
Do nosso grande amor. 
A insônia persiste
Estou um pouco triste
Sem você aqui.
Digo ao tempo que passe
A saudade se acalme
Cama vazia, o lençol não me aquece
Travesseiro frio sem o teu cheiro  
Não consigo dormir.
Volto a internet
Para te reencontrar meu amor
É assim os meus dias
Sem a tua companhia.
Não estou a reclamar
Sei que brevemente cá estarás
É que a saudade me transporta a você
Que me faz ver
Que de longe ou de perto
Me faz feliz a cada amanhecer

Sol !





Quando me sinto só, minha vida fica a ermo.
Sinto uma melancolia que toma conta de tudo que me cerca.
Só consigo imaginar você tão longe, e nada mais acontece.
A noite anoitece...
O dia amanhece...
Durmo abraçada ao relento suspiro o desalento do vento
Que busca você em meus braços,
E só encontro a solidão apertando meu coração.
Tento esperar pelo tempo, agarro sua imagem, vejo-me,
Refletida no amor que vivemos.
Hoje o Sol amanheceu triste e melancólico,
Pensei que ele não existisse que fosse apenas os raios .
Minha fértil imaginação, que diante da chuva derramada pelas.
Lágrimas estivessem ofuscando o meu olhar.
O Sol vai sumindo pouco a pouco e a saudade vai tomando
O seu lugar onde lentamente adormeço nos braços dessa minha
Saudade que só me faz desejar-te.
Mas quando aqui cheguei encontrei você, e percebi que o lindo.
Sol existe, e este Sol; é você!

domingo, 9 de janeiro de 2011

1 encontro !


Nosso primeiro encontro foi invisivel
Eu ao menos te conhecia
Mas mesmo assim, me chamou
e se encantou...
Uma pequena vibração,
surge em nosso coração.
Como um toque de mágica
em uma simples palavra.
Seu primeiro toque
não pude resistir
Queria lhe conhecer até o fim!
Mas algo me impedira de ir
E assim se seguia...a esperança de um dia.
Suas palavras me encantava a cada momento
E a cada momento, coraçao fervendo!
Ao quinto encontro, irei de ir.
Pois você não poderia desistir!
Cheguei, sentei, havia de esperar
pois você não poderia me deixar!
Chegou acompanhado, assim como eu
Tudo combinado, nada errado!
A vergonha tomava conta de mim
Pois adorei o que havia visto, tão lindo assim!
Quase sem assunto, fomos embora
E o momento estava chegando na hora!
Estremecida, peguei em sua mão
Tão nervosa, como o raio e o trovão!
Logo me deu um beijo
mágico, e encantador
Me sentia leve e delicada,
assim como uma flor encantada!
Tempo se passou
E aqui estou...
Ao seu lado sempre estarei
Nos beijinhos e na ausência!
Pois meu amor há de crescer
a cada dia, e a cada momento!

sábado, 1 de janeiro de 2011

lábios quentes !

Tão de repente tu chegas
meu coração dispara...
Abres os braços,saudades!!!!!!
Acolhida em teu peito,
o mundo pára
Nossos lábios quentes se encontram
Tudo escurece....ensurdece.....
E o amor assim se declara...

Nossas carícias nos enlouquecem,
E de repente estamos entrelaçados
E no encantamento desse sentimento,
que nos domina, nos faz delirar......
Vamos juntos ao paraíso encontrar!!!!!!

Tão de repente acordamos,
Sedados de tanta paixão....
Teu olhar já é de saudade!!!
Faz tremer meu coração....
E tão de repente,tu vais...
Deixando um ardente e longo beijo de emoção.......

Fecho os olhos.....êxtase no ar.....
Até o dia ,que de repente,
Hás de voltar........