segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Cama Vazia !


De noite e de dia
Cama vazia
Sem a tua companhia
Não sei se por ironia
Gerando agonia
Me refaço na poesia.
O verão chegou
Mas não me aquece
Aqui estou
Na madrugada
Rolando na cama
Impaciente
Com saudade de você.
Estou arrebatada
A noites não planejadas
Porém, conquistadas
Sentindo saudade
Do nosso grande amor. 
A insônia persiste
Estou um pouco triste
Sem você aqui.
Digo ao tempo que passe
A saudade se acalme
Cama vazia, o lençol não me aquece
Travesseiro frio sem o teu cheiro  
Não consigo dormir.
Volto a internet
Para te reencontrar meu amor
É assim os meus dias
Sem a tua companhia.
Não estou a reclamar
Sei que brevemente cá estarás
É que a saudade me transporta a você
Que me faz ver
Que de longe ou de perto
Me faz feliz a cada amanhecer

Nenhum comentário:

Postar um comentário